55 21 991732258
animalcare.contato@gmail.com
Compartilhe esta página:
Dia Mundia da Terra. População humana dobra em 50 anos, enquanto perdemos 60% da nossa fauna

Nesta quarta-feira, comemoramos o Dia Mundial da Terra. Em 1970, quando foi criado, a população mundial de habitantes humanos era de 3,7 bilhões. Em 2020, chegamos a quase 7,8 bilhões de pessoas nos cinco cantos do planeta. Um incremento de mais de 100%! Em compensação, a população mundial de animais vertebrados, da qual faz parte a população silvestre, diminuiu 60% nas últimas cinco décadas, segundo dados da World Wide Fund for Nature (WWF).
Celebrar a data no momento em que enfrentamos a maior tragédia sanitária dos últimos cem anos pode ser uma forma de ampliar o alerta da necessidade urgente de construirmos formas saudáveis e não predatórias de lidar com as todas as formas de vida do planeta e seus recursos naturais.
A ideia de instituir o Dia Mundial da Terra surgiu nos Estados Unidos em um movimento da sociedade americana que levou ao Senado daquele país a criar uma Agência de Proteção Ambiental e uma série de leis destinadas à proteção do meio ambiente.
Em 2009, a data foi incorporada ao calendário do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) como Dia Internacional da Mãe Terra. Este ano o destaque é para as mudanças climáticas e a urgência da redução das emissões de CO2 na atmosfera pelos países. Se as emissões de carbono e outros gases nocivos liberados durante os processos industriais se mantiverem nos patamares atuais, em cinco anos teremos um aumento de até 3 graus Celsus na temperatura da Terra.
Neste ano, eram esperadas diversas manifestações ao redor do mundo pela implementação de modelos econômicos sustentáveis e saudáveis para a vida no planeta. Com certeza teríamos milhões de pessoas nas praças e avenidas das principais metrópoles e capitais de diversos países, como aconteceu ano passado durante os eventos Fridays for Future (Sextas pelo Futuro), liderados por jovens como a sueca Greta Thumberg. Cidadãos de mais de 130 países foram às ruas exigir de seus governos ações concretas contra as mudanças climáticas.
Mas, com a pandemia da Covid-19, as manifestações ocorrerão virtualmente. A própria ambientalista sugeriu que os alertas para os perigos das mudanças climáticas sejam digitais. Pelo Twitter, Greta pediu aos seus mais de quatro milhões de seguidores que evitassem aglomerações de pessoas, respeitando orientação dos especialistas em saúde para tentar conter a disseminação do coronavírus.
Nós, do Animal Care, acreditamos que lutar por um planeta com condições de vida saudável para humanos e não humanos deve ser a meta de todos. E defender a vida silvestre faz parte desse movimento.

Manuella Soares

Comunicação Animal Care

Add your comment or reply. Your email address will not be published. Required fields are marked *

Phone: 55 21 991732258
Endereço: Estrada Beira Rio - s/nº - Bracuhy