55 21 991732258
animalcare.contato@gmail.com
Compartilhe esta página:
Fotos de onças machucadas pelo fogo viram símbolo da devastação

As imagens de onças-pintadas com ferimentos nas patas por conta da violenta onda de queimadas que atinge a Amazônia são o retrato de como temos acelerado a destruição de nossas florestas e biodiversidade. As fotos que viralizaram nas redes sociais foram registradas no Parque Estadual Encontro das Águas, no Pantanal, por profissionais e amadores. A foto que abre essa matéria é de Ailton Lara (BBC/Brasil).

Desde julho deste ano, milhares de focos de incêndio atingem principalmente as matas do Sul do Pará, Amazonas, Mato Grosso e a região do Pantanal. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) havia detectado até o final da semana passada mais de 27.500 focos ativos em toda a Amazônia brasileira e 17.700 na região do Cerrado.  São os maiores números registrados pelos pesquisadores desde 1998.

Não é à toa que instituições ambientais e de preservação clamam pelo fim das queimadas que levam à morte animais, plantas e, também, ao sofrimento de vidas humanas. Até 2018, já havíamos perdido 20% do território amazônico brasileiro. Com os recordes de incêndios provocados em 2019 e este ano, podemos estar chegando a uma condição irremediável que tem impactos ambientais, econômicos e sociais extremamente negativos para o país.

O Santuário de Animais Silvestres Animal Care compartilha da preocupação com o futuro da Amazônia, especialmente de sua fauna silvestre. São centenas de animais carbonizados, sem comida e moradia em um bioma onde vivem cerca de 500 espécies diferentes de aves; e 132 espécies de mamíferos e repteis. O Pantanal é, hoje, o habitat natural para 20 mil onças-pintadas. Nos incêndios, vinte delas tiveram o corpo e as patas queimadas. Dezenas de jacarés, cobras, jabutis e outros animais foram dizimados pelo fogo.

Foto: Greenpeace

Mata Atlântica já perdeu 90% de suas florestas

O que acontece hoje com a Amazônia aconteceu, também, e ainda acontece, nas florestas litorâneas. O desmatamento por queimadas e ocupação ostensiva da Mata Atlântica já destruiu, desde a época das grandes lavouras cafeeiras da metade do século XIX até aqui, mais de 90% de toda cobertura original do bioma.

Com apenas 7% de suas matas, a Mata Atlântica é, hoje, o bioma mais protegido pela legislação brasileira. Apesar disso, as queimadas continuam acontecendo por aqui.

Em um quadro apresentado durante a programação jornalística do canal GloboNews na sexta-feira 18 de setembro, o monitoramento das queimadas no país detectava 2.453 focos na floresta tropical. No Pantanal, região mais afetada em relação à perda de animais silvestres, havia 3.665 focos ativos.

Tráfico também é ameaça aos silvestres

A perda do habitat natural significa extinção para diversas espécies na Mata Atlântida, como o famoso mico-leão dourado. Mas o tráfico de animais é outra ameaça que leva à morte de milhares, todos os anos.

Desde 2014, o Santuário Animal Care recebe indivíduos que foram resgatados de situação de maus-tratos, do tráfico e do comércio ilegal. Atualmente, a instituição abriga aves de maior porte como araras e tucanos. Espécies de papagaios, maritacas e ararajubas também convivem em harmonia em grandes recintos. No momento, a instituição cuida também de 27 macacos-prego e uma buggio idosa.

Foto: Animal Care

O Animal Care está localizado em Angra dos Reis (RJ), na Mata Atlântica fluminense, em um ambiente cercado por matas, florestas e rios. Nossa missão é acolher os sobreviventes de apreensões e resgates que não podem retornar aos seus habitats de origem e dar a eles saúde, bem-estar e os cuidados que merecem até o fim de suas vidas.

 

 

Conheça mais sobre nosso trabalho em www.associacaoanimalcare.com.br

Siga a gente no Instagram @associacaoanimalcare e acompanhe a vida dos animais abrigados.

Estamos também no facebook/associacaoanimalcare/

Comunicação Animal Care

 

 

Add your comment or reply. Your email address will not be published. Required fields are marked *

Phone: 55 21 991732258
Endereço: Estrada Beira Rio - s/nº - Bracuhy